sábado, 5 de julho de 2008

O QUE É UM CAPS?

Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) ou Núcleo de Atenção Psicossocial é um serviço de saúde aberto e comunitário do Sistema Único de Saúde (SUS). É um lugar de referência e tratamento para pessoas que sofrem com transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e demais quadros, cuja severidade e/ou persistência justifiquem sua permanência num dispositivo de cuidado intensivo, comunitário, personalizado e promotor de vida.

O objetivo dos CAPS é oferecer atendimento à população de sua área de abrangência, realizando o acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. É um serviço de atendimento de saúde mental criado para ser substitutivo às internações em hospitais psiquiátricos.

Os CAPS visam:



Prestar atendimento em regime de atenção diária;


Gerenciar os projetos terapêuticos oferecendo cuidado clínico eficiente e personalizado;


Promover a inserção social dos usuários através de ações intersetoriais que envolvam educação, trabalho, esporte, cultura e lazer, montando estratégias conjuntas de enfrentamento dos problemas. Os CAPS também têm a responsabilidade de organizar a rede de serviços de saúde mental de seu território;


Dar suporte e supervisionar a atenção à saúde mental na rede básica, PSF (Programa de Saúde da Família), PACS (Programa de Agentes Comunitários de Saúde);


Regular a porta de entrada da rede de assistência em saúde mental de sua área;


Coordenar junto com o gestor local as atividades de supervisão de unidades hospitalares psiquiátricas que atuem no seu território;


Manter atualizada a listagem dos pacientes de sua região que utilizam medicamentos para a saúde mental.



Os CAPS devem contar com espaço próprio e adequadamente preparado para atender à sua demanda específica, sendo capazes de oferecer um ambiente continente e estruturado.

Deverão contar, no mínimo, com os seguintes recursos físicos:



Consultórios para atividades individuais (consultas, entrevistas, terapias);


Salas para atividades grupais;


Espaço de convivência;


Oficinas;


Refeitório (o CAPS deve ter capacidade para oferecer refeições de acordo com o tempo de permanência de cada paciente na unidade);


Sanitários;


Área externa para oficinas, recreação e esportes.



As práticas realizadas nos CAPS se caracterizam por ocorrerem em ambiente aberto, acolhedor e inserido na cidade, no bairro. Os projetos desses serviços, muitas vezes, ultrapassam a própria estrutura física, em busca da rede de suporte social, potencializadora de suas ações, preocupando-se com o sujeito e sua singularidade, sua história, sua cultura e sua vida quotidiana.



Fonte: BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE, Saúde Mental no SUS: Os Centros de Atenção Psicossocial

Um comentário:

Zé Roberto disse...

Fico imaginando uma palavra que possa dizer algo. FANTÁSTICO,MARAVILHOSO,IMPACTANTE,DESLUMBRANTE.Todas às palavras são pequenas diante da atitude dessa mente brilhante que criou o CAPS.
Parabéns MESMO!!!